Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
Veja dicas de como fazer networking sem ser chato nem inconveniente
Page/Post Excerpt

Folha

Cultivar a rede de contatos –o famoso “networking”– é mostrar-se presente e disponível não apenas para uma nova vaga, mas também para trocar informações e oportunidades com outros profissionais.

Para marcar presença sem ser inconveniente, Irene Azevedo, diretora de transição de carreira na consultoria de recursos humanos LHH, diz que é preciso ser objetivo, saber o que quer e respeitar o tempo dos outros.

Vá preparado

Quando for a um encontro, tenha claro suas metas para não ficar rodeando diversos assuntos e sair da conversa sem ter passado informações relevantes sobre suas expectativas profissionais nem ter perguntado o que queria.

Use o relógio

Uma conversa com objetivo profissional tem hora para acabar. Se for no local de trabalho, deve durar entre 30 e 40 minutos. Em um café, pode se estender até 50 minutos e, em um restaurante, até uma hora e meia.

Dê um tempo

Depois de duas tentativas frustradas de marcar uma conversa, não insista. Deixe passar um tempo para tentar de novo. E, depois de uma conversa pessoal, não ligue imediatamente para o seu contato.

Engula o choro

Ao conversar com as pessoas de sua rede de contatos, não fique se lamuriando sobre sua situação atual ou sobre os problemas gerais do mundo e do país. O objetivo do networking é fazer a fila andar, não olhar para trás.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.