Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará

Vagas com home office disparam 85% no início de 2021

Levantamento da Infojobs mostra que há mais de 25 mil oportunidades em home office disponíveis na plataforma


(By lijing/Getty Images)

Quase um ano depois, a pandemia do coronavírus alterou drásticamente os negócios e o mercado de trabalho.

Um levantamento feito pelo InfoJobs, empresa de tecnologia para recrutamentos, mostrou que o número de vagas no modelo home office cresceram cerca de 85% no início de 2021, comparado aos primeiros meses de 2020. O número, que agora soma 25.888, era de 4.010 no início do ano passado.

O home office ganhou força em 2020 com o início do isolamento social e é uma das tendências para 2021.

O levantamento da Infojobs mostra que há mais de 25 mil oportunidades em home office disponíveis na plataforma.

Apesar de o home office ter uma boa aprovação, empresas e o mercado de trabalho têm grandes desafios à espera no pós-pandemia. São novos pontos de atenção na saúde do trabalhador e no desenvolvimento das carreiras.

Um levantamento da seguradora Zurich, em parceira com a Universidade de Oxford, analisou esses “problemas” que surgem à medida em que mais empresas colocam seus funcionários em regimes de trabalho remoto, seja de forma integral ou híbrida. Entre eles estão: novos tipos de burnout, novas divisões sociais, menos mobilidade na carreira e construção do capital social.

Algumas empresas também têm adotaram o home office como política permanente de trabalho. Entre elas, estão as de tecnologia norte-americanas, como Facebook, Google e Spotify. No Brasil, o Grupo Heineken colocou todos os funcionários corporativos em trabalho remoto.

Um levantamento da seguradora Zurich, em parceira com a Universidade de Oxford, analisou esses “problemas” que surgem à medida em que mais empresas colocam seus funcionários em regimes de trabalho remoto, seja de forma integral ou híbrida. Entre eles estão: novos tipos de burnout, novas divisões sociais, menos mobilidade na carreira e construção do capital social.

Algumas empresas também têm adotaram o home office como política permanente de trabalho. Entre elas, estão as de tecnologia norte-americanas, como Facebook, Google e Spotify. No Brasil, o Grupo Heineken colocou todos os funcionários corporativos em trabalho remoto.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.