Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
O dinheiro motiva mais seu colega do que você no trabalho
Page/Post Excerpt

exame

Enquanto minha motivação para o trabalho é fruto do sentimento de fazer parte de algo maior do eu, a do meu colega é puramente material.

Esse é o clima entre profissionais de finanças brasileiros entrevistados pelo CFA Institute para uma pesquisa global feita com 3,6 mil pessoas (186 brasileiros).

Segundo o levantamento, metade deles disse extrair motivação para o trabalho do sentimento de contribuir para um bem maior, ao mesmo tempo em que 44% disseram que, para seus colegas, são os bônus e aumentos de salário os principais motivadores. Apenas 11% afirmaram que seus pares são motivados quando imbuídos do sentimento de fazer parte de algo maior. Confira nas tabelas:

O que o motiva a dar seu melhor no trabalho?

50% – O sentimento de fazer algo maior que eu mesmo (contribuir para um bem maior)
17% – A importância das metas para a empresa
17% – O fato de todo mundo olhar minha performance e eu não querer ficar mal na empresa
11% – Bônus e aumento de salário
6% – Amar o que faço e continuar fazendo mesmo sem salário

O que motiva seus pares?

44% – Bônus e aumento de salário
22% – Importância de metas para a empresa
22% – O fato de todo mundo olhar minha performance e eu não querer ficar mal na empresa
11% – O sentimento de fazer algo maior que eles mesmos (contribuírem para um bem comum)
0% – O fato de todo mundo olhar minha performance e eu não querer ficar mal na empresa

“Como em qualquer ecossistema, a indústria de gestão de investimentos baseia-se em uma série de relacionamentos entrelaçados. A pesquisa mostra que quando falta propósito, o equilíbrio, o alinhamento de interesses e a motivação se tornam distorcidos e dificultam que os desafios do ambiente de trabalho sejam superados”,disse Rebecca Fender, chefe de iniciativas de finanças futuras do CFA Institute.

Em relação aos motivos para perder a vontade de trabalhar, a pesquisa propunha aos entrevistados que escolhessem os três de maior impacto na desmotivação.

Quase metade dos profissionais brasileiros indicou a diferença de tratamento recebido pelos membros da equipe. O sentimento de despreparo para o trabalho foi o segundo mais lembrado e, em seguida, a falta de oportunidades de promoção. Veja esses e outros fatores que minam a motivação, segundo a pesquisa:

Três questões que o desmotivam em sua atual posição

47%- Tratamento injusto entre a equipe
42% – Sentimento de que não sou capaz de realizar o trabalho que foi contratado para fazer
39% Falta de oportunidades de promoção;
37% – Sensação de estar desconectado das prioridades da minha organização / um propósito mais amplo
32% – Falta de crédito para minhas ideias
29% – Falta de equilíbrio trabalho / vida
29% – Sentimento de ser mal pago
24% – Preocupação de que poderia perder o emprego
11% – Sensação de estar “muito ocupado”
5% – Ambiente excessivamente competitivo
5% – Sentimento que suas responsabilidades em casa são mais importantes de que as suas responsabilidades no trabalho
0% – Outros

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.