Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará

Ex-recrutador do Google dá dicas para se sair bem na entrevista online

Em tempos de coronavírus, Kevin Grice mostra a importância de se estar bem preparado também na entrevista de emprego remota


A pandemia da covid-19 colocou em risco empregos em diversas searas. Nos Estados Unidos, por exemplo, em uma semana normal de 2020, cerca de 280 mil americanos declaravam que estavam desempregados. Em uma semana com alto contágio da covid-19 o número de pedidos de seguro-desemprego chegou a 3 milhões.

Apesar dos índices, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos há empresas que seguem contratando.

Mas como conquistar um recrutador mesmo à distância?

Kevin Grice, um ex-gerente americano de recrutamento do Google, e agora responsável pela a aquisição de talentos da startup de biotecnologia TrialSpark, contou na Fast Company algumas considerações importantes que ele e seus colegas de recursos humanos levam em consideração na hora de contratar remotamente.

Pratique antes de fazer a entrevista e leve em consideração algumas técnicas. Em vez de olhar para a pessoa com quem está falando, tente olhar para a câmera, para dar a ilusão de contato visual.

É melhor descobrir essas coisas em uma “entrevista” com um amigo do que em uma vídeo chamada com a pessoa que você espera que o contrate.

Thach Tak Nguyen, que trabalhou com recrutamento em empresas de tecnologia como Airbnb e Google, e agora é o Chief Talent Officer da SWORD Health, recomenda dar outro passo.

“Uma vez uma candidata perguntou se poderia fazer um teste comigo para garantir que não houvesse problemas técnicos”. Segundo ele, isso não apenas provou o quanto ela estava interessada, mas também desenvolveu uma oportunidade para os dois criarem uma conexão, algo difícil de fazer em uma entrevista virtual.

Outra dica é se atentar ao seu visual. Só porque você está em casa, não significa que não há problema em marcar uma entrevista de emprego remota com cabelos não escovados, vestindo uma camiseta inapropriada e calças de moletom. Escolha usar o mesmo tipo de roupa que usaria para uma entrevista pessoalmente.

Tente também encontrar um local com boa iluminação, idealmente com uma janela à sua frente ou ao lado.

Se você se programaria para colocar suas ideias em um quadro em branco ou papel durante a entrevista in loco, o mesmo vale para o encontro online. Além do papel e caneta é importante ficar com o celular ao lado, em modo silencioso, para caso precise mudar para uma ligação telefônica.

As entrevistas são a sua oportunidade de pesar a empresa, e é a oportunidade deles de decidir se devem contratar você. Mas tente não se preocupar muito com os detalhes.

Laszlo Bock, CEO e fundador da Humu, e ex-vice-presidente sênior de operações de pessoas do Google, aconselha: “No Humu, dissemos à nossa equipe que, se uma criança ou um animal de estimação aparecer durante uma conversa por vídeo, tudo bem e a reunião deve continuar como sempre; a vida acontece ”.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário