Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
Ex-CEO do McDonald’s afirma que prefere comprar robôs a aumentar salários
Page/Post Excerpt

Por Fox Business

“É mais barato comprar um braço robótico de US$ 35 mil do que contratar um funcionário ineficiente por US$ 15/hora e que rouba batatas fritas.” A frase pode parecer proferida por algum vilão de filmes, mas foi dita por Ed Rensi — ex-CEO da rede de restaurantes McDonald’s.

Ele disse isso depois que a os sindicados de trabalhadores dos Estados Unidos começaram a exigir que haja um pagamento mínimo de US$ 15/hora para os trabalhadores da rede. Atualmente, a média salarial nas redes de fast food fica pela metade disso: US$ 7,25.

Rensi diz que forçar esse aumento é ruim. Conforme ele disse para a Fox: “É sem sentido e muito destrutivo e inflacionário. Isso vai causar perda de empregos em todo o país de uma forma que você não vai acreditar. (…) Se você não pode ter pessoas com salários razoáveis, você vai procurar máquinas para fazer o serviço.”

“Você acha que merece ganhar mais do que US$ 15? Aqui está seu substituto!”

O executivo ainda foi bem enfático ao dizer que forçar salários vai fazer com que a transição de mão de obra humana para robótica seja ainda mais rápida. Para finalizar, ele disse que os Estados é que deveriam definir os salários mínimos de um modo autônomo, não sendo uma decisão federal como a que ocorreu neste caso. Será que veremos essa substituição, realmente?

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.