Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
Estes são os cargos que mais pedem inglês no currículo
Se você estiver tentando uma vaga em um destas 15 posições, o inglês no currículo pode ser o mais importante
Tempo de leitura: 2 min


(foto/Getty Images)

Colocar o conhecimento de inglês no currículo é uma forma dos profissionais se diferenciarem no mercado. Mas ainda são poucas pessoas no Brasil que possuem nível avançado ou fluente de uma segunda língua.

De acordo com a pesquisa do British Council e do Instituto de Pesquisa Data Popular, apenas 5% da população brasileira fala um segundo idioma e desses, apenas 1% é fluente na língua inglesa.

Não é por nada que o nível do idioma é a segunda mentira mais comum nos currículos, segundo levantamento de 2018 da DNA Outplacement. A mentira número um ainda é o aumento no valor do salário anterior ou atual.

Na entrevista de emprego, muitos que colocam o inglês ou espanhol para se destacar no CV acabam sendo pegos com perguntas inesperadas no segundo idioma.

E não são todas as posições e empresas que vão exigir um uso constante do inglês fluente. Empresas multinacionais podem precisar de certo nível para comunicação por e-mails e em reuniões com times internacionais.

Para a área de tecnologia, muitas vezes o inglês técnico, que ajuda apenas a entender documentos e linguagens de programação, já basta para o dia a dia. Se o foco do profissional for uma carreira internacional, então o nível de inglês se torna uma obrigatoriedade.

Em programas de estágio e trainee, muitas empresas começaram a tirar a exigência do segundo idioma e começaram a oferecer bolsas de estudo e aulas dentro da companhia para os contratados.

No entanto, um levantamento do Banco Nacional de Currículos mostra que algumas profissões ainda têm o inglês como uma condição inflexível para os candidatos em até 95% das vagas.

“Dessa forma, o conhecimento de uma segunda língua para algumas profissões é mais do que um diferencial no currículo, mas uma necessidade para o recrutador tomar sua decisão”, comenta Marcelo de Abreu, CEO do BNE.

Confira os 15 cargos que mais pedem inglês no currículo:
  1. Analista de Relações Internacionais
  2. Analista de Comércio Exterior
  3. Analista de Importação e Exportação
  4. Engenheiro de Telecomunicações
  5. Secretária Bilíngue
  6. Gerente de Projetos
  7. Tradutor
  8. Analista de infraestrutura
  9. Gerente de TI
  10. Engenheiro Eletricista
  11. Analista de Business Intelligence
  12. Analista de Comunicação
  13. Gerente de Marketing
  14. Analista de Processos
  15. Analista de Redes

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.