Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará

Dá para estudar de graça na Itália (e ainda ganhar 15 mil euros)

A Scuola Normale Superiore está com inscrições abertas para bolsas integrais de PhD na Itália, tanto para estudantes italianos como para alunos internacionais. O processo seletivo é relativamente simples, mas é preciso correr: as inscrições serão recebidas apenas até o dia 28 de fevereiro.

São oferecidas, no total, 78 bolsas de estudos nas seguintes áreas: Cultura e Sociedade na Europa Contemporânea, Arte e História no Período Medieval e Moderno, Literatura, Filosofia, Estudos Clássicos, Física, Matemática, Matemática Financeira, Métodos e Modelos para Ciências Moleculares, Nanociência, Neurociência, Ciências Políticas e Sociologia.

Os cursos de PhD na Itália têm duração de 3 ou 4 anos e são ministrados nos campi de Pisa e Florença, de acordo com o programa selecionado. Todos os programas se iniciam em novembro de 2018 e são conduzidos em inglês.

Todos os estudantes aprovados para o PhD na Itália receberão uma bolsa integral – que inclui valores de anuidade, um auxílio de 15 mil euros para manutenção no país, além de seguro de vida e passagens aéreas. Também é possível obter recursos adicionais para sua pesquisa e viagens relacionadas.

Como se candidatar às bolsas de PhD na Itália

As applications para os programas de PhD na Itália podem ser enviadas até o dia 28 de fevereiro, através do site.

Os candidatos devem enviar seu currículo (nos modelos do Europass), sua tese de mestrado (acompanhada de um resumo, em inglês), histórico acadêmico e diploma de conclusão do mestrado (traduzido para inglês) e um projeto de pesquisa para o programa específico que escolher.

As traduções para inglês podem ser feitas pelo próprio estudante, que também deverá indicar no momento da candidatura seu nível de fluência em inglês e italiano (não são solicitados resultados de testes de proficiência).

O estudante também deve indicar nomes e endereços de e-mail de dois contatos acadêmicos que poderão enviar referências sobre o seu trabalho. Também pode ser um adicional enviar, junto da candidatura, publicações anteriores em revistas científicas.

Formalmente fundada em 1810, a Escola hoje divide seus estudos em três faculdades: Literatura e Filosofia, Física e Matemática e Humanidades e Ciências Humanas. Seu corpo discente é pequeno e muito seleto: são somente 480 alunos, escolhidos por mérito e recebem auxílio para para estudarem.

Por Estudar Fora

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.