Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará

Como não cair em golpes de vagas de emprego falsas

Confira as dicas para fugir dos dois tipos de golpe mais comuns para quem está procurando emprego
Tempo de leitura: 3 min


(Oleksandr Hruts/Getty Images)

Você pagaria para conseguir um emprego? Segundo pesquisa da OLX, 23% das pessoas estariam dispostas a pagar para se candidatar a uma oportunidade. Uma prática que não acontece nas empresas, mas que é comum em golpes.

A OLX, plataforma conhecida por anúncios de vendas na internet, também é utilizada para publicações de vagas e notou um aumento nas tentativas de golpes de vagas falsas no último ano. Foi o que motivou a pesquisa com 7 mil pessoas realizada em maio.

Entre o grupo de entrevistados, 75% disseram estar desempregados. E 14% das pessoas afirmaram que aceitariam fornecer dados bancários e CPF durante uma seleção virtual de emprego, mesmo sem ter recebido a notícia de efetivação.

O resultado é preocupante, pois mostra a brecha para as pessoas serem enganadas nos dois tipos de golpes de vagas falsas mais comuns.

“O desemprego grande torna as pessoas mais vulneráveis e ansiosas para conseguir um emprego. E a partir disso, o golpe nada mais é do que engenharia social. A pessoa conta a história, engaja o profissional para conseguir as informações ou dinheiro”, conta Beatriz Soares, diretora de Produto e Operações da OLX Brasil.

A rápida adaptação de todo o processo seletivo para ferramentas digitais também mudou a percepção de segurança das pessoas.

Ela explica que existem dois esquemas para enganar as pessoas em busca de uma oportunidade:

  • Pedir alguma forma de pagamento, diretamente ou exigindo cursos ou certificados específicos (e muitas vezes falsos);

  • Solicitar dados pessoais e bancários para depois aplicar outro tipo de golpe, como invasão da conta no banco.

Para se proteger, o primeiro passo é sempre desconfiar do que for muito fácil ou bom demais para ser verdade.

Um curso muito específico que precisa de um pagamento imediato e a vaga está garantida? As empresas que realmente exigem um certificado costumam cobrir os custos de formação. O salário muito acima do mercado e poucos requisitos? É uma cilada!

“A partir do momento que desconfia, você pode ir atrás da empresa, do CNPJ dela e checar se o endereço é real”, explica a diretora.

No caso do segundo golpe, os recrutadores raramente precisam dos dados pessoais nas primeiras etapas do processo e jamais pedem por senhas ou códigos de acesso.

“Também vale a desconfiança de domínios de site estranhos ou sem camadas de segurança, aquele cadeado que normalmente aparece do lado do endereço do site. Empresas sérias não deixariam de ter esse recurso”, fala Soares.

E muito importante: sites oficiais, como a OLX ou o LinkedIn, têm canais de denúncia, muitas vezes no próprio chat.

Confira mais dicas no guia da OLX contra golpes de vagas falsas:
  • Desconfie quando links direcionam para sites suspeitos. Se você considerar a página de origem duvidosa, sem qualquer conexão com as informações do anúncio, evite interagir com ela;

  • Fique atento quando o recrutador diz que a vaga está garantida antes mesmo de participar do processo seletivo;

  • Nunca pague para realizar cursos ou participar de processos seletivos se essa for uma exigência; empresas idôneas não costumam fazer esse tipo de solicitação;

  • Da mesma forma, mantenha atenção com o tipo de informação requisitada no cadastro. Não revele número de documentos, dados bancários ou outros detalhes confidenciais;

  • Tenha cautela se o salário e benefícios da vaga estiverem acima da média do mercado. Nesse caso, prossiga com atenção e observe se serão exigidos dados pessoais ou pagamentos;

  • Sempre faça uma pesquisa sobre o anunciante da vaga e a empresa ofertante do cargo. Se necessário, entre em contato com o RH da companhia e confira se eles realmente estão com vagas abertas;

  • Repare no conteúdo publicado na divulgação da vaga. Empresas respeitadas produzem materiais com português correto e informações claras;

  • Se o anúncio tiver poucas informações ou parecer muito genérico, sem definir os requisitos exigidos, funções que serão executadas ou nível de experiência, pode se tratar de um golpe;

  • No caso de vagas operacionais, confira a data de publicação do anúncio. Se ela tiver muitas semanas ou meses, provavelmente é falsa ou o cargo já foi preenchido;

  • Tome cuidado com vagas de emprego confidenciais. Embora algumas companhias utilizem esse recurso por razões internas, elas também podem ser uma isca para roubar informações pessoais. Nesse caso, analise bem a descrição da oportunidade, assim como o link fornecido.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.