Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará

As 10 piores armadilhas para a sua produtividade

exame

Ser produtivo é duplamente benéfico: além de dar melhores resultados para o seu empregador, você consegue ter jornadas mais curtas e investir na sua vida pessoal.

Para administrar bem o seu tempo, porém, é preciso desviar de uma série de armadilhas — da tentação de ver um vídeo divertido na internet às frequentes interrupções dos colegas de trabalho mais agitados.

Segundo uma recente pesquisa do site CareerBuilder com mais de 3 mil profissionais e cerca de 2 mil executivos de RH nos Estados Unidos, 75% das pessoas perdem pelo menos duas horas do expediente com distrações.

Desenvolvida com o propósito de facilitar e agilizar tarefas, a tecnologia aparece no estudo como a grande vilã da concentração.

Celulares e mensagens de texto são o motivo mais citado pelos entrevistados para sua improdutividade, com 55% das menções. Internet e redes sociais também estão no topo do ranking, com 41% e 37%, respectivamente.

Os smartphones, em particular, são ímas para os distraídos: 83% dos trabalhadores deixam o aparelho sob seu campo de visão e 66% dizem que acessam o gadget várias vezes ao dia enquanto trabalham. Os principais usos não-profissionais dos celulares vão de aplicativos de mensagens (65%) a jogos (24%).

De acordo com Rosemary Haefner, chefe de recursos humanos no CareerBuilder, a solução não é se desconectar da tecnologia, mas saber usá-la com responsabilidade.

“Nós precisamos usar esses aparelhos no trabalho, mas estamos a um clique de distrações ligadas às nossas vidas pessoais, como as redes sociais”, diz ela em nota. “A conectividade não é algo ruim, mas precisa ser gerenciada”.

Dito isso, é importante reconhecer que a tecnologia não é a única culpada pelo baixo rendimento no trabalho. Alguns fatores, como a fofoca (39%) ou o bate-papo excessivo com os colegas (27%), existem desde muito antes da invenção do primeiro computador.

Veja a seguir as 10 piores armadilhas para a produtividade, segundo o estudo:

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.