Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
5 sinais de que você trabalha em lugar tóxico — e o que fazer sobre isso
Muitos dos indicadores podem ser sutis, que vão desde práticas injustas a comportamentos improdutivos e perigosos
Tempo de leitura: 4 min


(FG Trade/Getty Images)

A pandemia foi desafiadora em muitos aspectos, principalmente no que diz respeito à nossa saúde mental. Palavras como depressão e ansiedade se tornaram mais comuns no ambiente corporativo, o qual passa por uma nova realidade desde o começo da quarentena. WhatsApp, jornadas mais longas, reuniões intermináveis. Tudo isso também passou a fazer, cada vez mais, parte da nossa rotina — seja de home office ou não.

Segundo uma pesquisa divulgada pela Mastercard no ano passado, 62% dos brasileiros passaram a se preocupar mais com sua saúde mental, enquanto 58% julgou essencial o cuidado com a própria saúde. Além dos problemas pessoais enfrentados ao longo da pandemia do coronavírus, o âmbito profissional também pesou. As pessoas passaram a não conseguir se desconectar totalmente do trabalho, sentindo o peso do cansaço físico e mental.

Tudo isso pode piorar se o local de trabalho não for favorável. Com o aumento sobre o debate de pautas como racismo, machismo e saúde mental, as pessoas passaram a falar sobre como isso funciona na prática dentro dos ambientes profissionais. Casos como assédio sexual, preconceito racial, burnout e jornadas exaustivas começaram a vir à tona.

Estes acabam sendo sinais mais óbvios de um local de trabalho tóxico. Mas muitos dos indicadores são sutis, que vão desde práticas injustas a comportamentos improdutivos e perigosos. Uma lista reunida pelo Business Insider mostra como você pode identificar este tipo de ambiente e como você pode sair de uma situação como esta, caso você perceba que você está inserido nisso.

1. As pessoas não se posicionam

Um dos sinais mais importantes de que uma empresa é tóxica é quanto, ou quão pouco, as pessoas se posicionam durante reuniões e em conversas em grupo, de acordo com Robert Sutton, professor de ciência da administração na Escola de Engenharia da Universidade de Stanford.

“Quando pessoas com menos poder tentam falar, elas são impedidas”, afirmou ao Insider. “Há uma espécie de silêncio enquanto os líderes falam. Isso, para mim, é um sinal de medo […] Quando você tem algumas pessoas que estão em posições mais altas mandando e outras obedecendo sem poder rebater, pode ser uma indicação de que as ideias dos funcionários não estão sendo ouvidas, além de um sinal preocupante de abuso de hierarquia”, segundo Robert.

2. Colegas de trabalho sem energia

“Pessoas desgastadas. Isso é um sinal de um local de trabalho tóxico”, afirma Sutton, acrescentando que colegas de trabalho que estão desanimados pode indicar negligência. “Funcionários sobrecarregados ou que começaram a pensar que contribuir não vale mais a pena acabam reforçando um cenário preocupante”.

3. Funcionários não ficam no emprego por muito tempo

Se você perceber que uma empresa tem uma alta taxa de rotatividade, fuja, alerta Sutton. “Um ambiente de trabalho saudável tem alta retenção de funcionários, o que significa que as pessoas não estão desistindo mês a mês. E se eles desistem, não é por causa do esgotamento.”

4. As pessoas criticam umas às outras

Em um local de trabalho tóxico, a comunicação não é clara e aberta, o que leva a mal-entendidos, afirma Paul White, psicólogo e coautor de Rising Above a Toxic Workplace. Para ele, os líderes não expressam elogios e agradecimento, e essa atitude negativa se espalha por toda a empresa.

“Reclamar dos funcionários é comum — eles podem encontrar algo para reclamar a qualquer hora do dia. Em seguida, o sarcasmo e o cinismo aparecem, o que demonstra uma crescente falta de confiança na gestão e liderança e se transforma em um alto nível de descontentamento”, disse White.

5. Seu humor fora do trabalho oscila

Todo mundo tem algum estresse durante o trabalho, mas se você se pega se afastando dos amigos, tendo problemas para dormir… pode ser porque você trabalha em um ambiente tóxico, de acordo com White.

É importante lidar com o estresse de frente, pois os efeitos podem alterar também a nossa vida fora do trabalho. “Emocionalmente, ficamos mais desanimados, o que pode levar à depressão. Outros são diagnosticados com ansiedade e uma sensação geral de pavor quando pensam no trabalho. Esses sintomas podem levar ao aumento do uso de álcool, medicamentos prescritos e substâncias ilegais “, alerta o psicólogo.

Se isso acontece em seu trabalho, aqui está o que você pode fazer
1. Esteja preparado para falar por si mesmo

Se você sentir que está trabalhando em um escritório tóxico, esteja preparado para defender seus próprios interesses, reforça Sutton. “Se você se sentir confortável, converse com seu chefe ou com o departamento de recursos humanos.”

2. Evite as “maçãs podres”

“Quando você tem um chefe desagradável, evite-o”, disse Sutton. “Se você pode diminuir a interação, faça isso. Tente trabalhar com pessoas que levantam seu ânimo. Isso pode levar você a conseguir uma nova função em outra equipe.”

3. Faça amigos no trabalho.

Encontre um ou dois amigos no trabalho com quem possa desabafar ou brincar. “Há sempre coisas que você não pode mudar, que você tem de enfrentar. Então, para mim, trata-se de apoiar um ao outro emocionalmente e falar sobre isso. É um lembrete ao outro de que isso não vai durar para sempre”, disse Sutton.

4. Saia deste emprego

Se você descobrir que está sendo desprezado, sua voz não está sendo ouvida e você está sempre com medo do trabalho, comece a procurar outro emprego e atualize seu currículo. Se precisar, tire um dia de folga para começar sua busca. Sinta sempre os sinais de sua saúde física e mental. E se precisar parar, pare.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.