Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará
5 cargos de marketing digital que estão impulsionando o mercado
Relatório do Linkedin aponta aumento na demanda por profissionais capacitados em marketing digital no Brasil
Tempo de leitura: 3 min


(dowell/Getty Images)

A digitalização de serviços e o crescente acesso a novas tecnologias têm aumentado a demanda por profissionais de marketing digital no Brasil. Prova disso é que, das 15 profissões consideradas “em alta” no país em 2021, cinco estão relacionadas ao setor. Os dados são do relatório Empregos em Alta, do LinkedIn.

“Nomeamos essas categorias como ‘empregos em alta’ pois, embora as mudanças no mercado de trabalho do ano passado tenham resultado em perdas significativas de empregos, também foi possível observar um aumento em categorias que responderam diretamente à transformação no comportamento de consumo e necessidades de negócios”, diz o relatório.

Analista de e-commerce, especialista em marketing digital e profissionais autônomos de conteúdo digital são alguns dos cargos relacionados ao marketing digital que apareceram com destaque na pesquisa – que também apontou aumento da relevância de profissionais dos setores de saúde e vendas.

Para chegar a essa conclusão, a empresa analisou cargos que tiveram o maior crescimento entre abril e outubro do ano passado, em comparação com o mesmo período de 2019.

“Foi possível observar uma demanda em ascensão para cargos de telemarketing, marketing digital e e-commerce no Brasil. Isso não surpreende, pois desde o início da covid-19 no Brasil, uma loja virtual por minuto foi aberta”, destacam.

Veja, abaixo, quais são os cinco cargos em alta na área de marketing digital.

Analista de Dados

Não é segredo para ninguém que a pandemia acelerou (e muito!) o processo de transformação digital dentro das empresas. Segundo o estudo Índice de Transformação Digital Dell Technologies 2020 (DT Index 2020), cerca de 87,5% das empresas brasileiras realizaram alguma iniciativa relacionada à transformação digital em 2020.

Assim, também não é de se surpreender que profissionais capacitados para orientar essa migração para o ambiente digital, interpretar dados e monitorar a execução de serviços tenham sido altamente demandados ao longo do último ano.

“A necessidade de direcionar operações de negócios para um ambiente on-line e garantir que processos de dados operassem com eficiência foi ainda maior para as empresas”, diz o relatório.

Ainda de acordo com o estudo, as cidades que mais contrataram estes profissionais foram São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Curitiba.

Especialista em E-commerce

O crescimento do e-commerce no Brasil, que já vinha registrando dados positivos nos últimos anos, também foi impulsionado pela pandemia de covid-19. Afinal, com as portas de seus estabelecimentos fechadas, o setor varejista foi forçado a migrar para o ambiente digital rapidamente.

Não à toa, a demanda por profissionais especializados em e-commerce (para ocupar cargos de logística e marketing digital, por exemplo) aumentaram 43% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Especialista em Marketing Digital

A área de marketing digital como um todo se beneficiou da migração dos consumidores para o ambiente virtual, o que pode ser observado pelo aumento significativo na demanda por “cargos focados em alternativas inovadoras ao marketing tradicional”.

O relatório destaca, por exemplo, a transição de carreira de profissionais de áreas correlatas (como assistentes administrativos e jornalistas) para cargos de gerente de marketing, conteúdo e mídias sociais.

E aponta os conhecimentos em marketing de influência, growth hacking, user experience, mídias sociais e técnicas de otimização (SEO) como algumas das principais competências necessárias para trabalhar na área.

Profissionais de Conteúdo Digital

A fim de aumentar sua presença no ambiente digital, as empresas brasileiras aumentaram as contratações de coordenadores de conteúdo e editores de vídeo durante o ano passado.

De acordo com o relatório, muitos redatores e editores fizeram uma transição para novas funções de conteúdo digital – e a categoria teve um aumento de 74% nas contratações durante o período analisado.

Os cargos mais oferecidos na área foram podcaster, YouTuber, coordenador(a) de conteúdo e editor(a) de vídeo.

Serviços Criativos

Ainda que a pandemia tenha reduzido os orçamentos nos setores criativo e cultural do país, os dados mostram que houve um aumento na contratação de profissionais criativos autônomos (como redatores, ilustradores e designers) durante o período analisado.

No caso de ilustradores, por exemplo, houve um aumento de 67% no número de contratações entre 2019 e 2020.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.