Av. Senador Lemos, Umarizal, Belém/Pará

3 passos para conseguir emprego mais rápido

Exame

A ideia de que a procura por emprego é um trabalho full-time é desmistificada pelo consultor de carreira e diretor adjunto da Fuqua School of Business da Duke University, Steve Dalton, em seu livro The 2-Hour Job Search (Procura por Emprego em 2 horas, na tradução do inglês, editora Ten Speed Press).

Como o próprio título já propõe, não é preciso passar 8 horas por dia navegando na rede em busca de oportunidades anunciadas por empresas para garantir uma nova posição no mercado. Pelo contrário, fazer isso é perda de tempo, diz o autor.

Isso acontece porque, se por um lado a tecnologia facilitou o acesso aos anúncios de oportunidades profissionais, por outro tornou o trabalho dos recrutadores mais complexo. Afinal, ao anunciar uma vaga de trabalho na internet, em instantes, milhares de currículos são recebidos.

O resultado é que ficou impossível ler e analisar as informações de todos os candidatos e assim, muitos recrutadores dão preferência aos profissionais indicados por pessoas que já trabalham na empresa. Por este motivo ele diz que passar horas procurando vagas e enviar currículos aleatoriamente é altamente ineficiente.

Tendo em vista esta premissa, o autor elaborou um roteiro com três passos que devem ser seguidos por quem quer encontrar emprego rapidamente. E, segundo ele, para concluir os dois primeiros, não é preciso mais do que duas horas de dedicação. Confira:

1º Passo Priorizar

A primeira etapa começa com a construção de uma lista com 40 potenciais empregadores. As empresas para as quais você sempre sonhou em trabalhar, os empregadores dos seus ex-colegas de faculdade (pode ser também de MBA, mestrado, doutorado, etc), as empresas que são destaque na mídia e aquelas que estão anunciando oportunidades atualmente devem entrar na lista.

Em seguida, marque as empresas que têm colaboradores que você conheça trabalhando lá. Use as redes sociais como LinkedIn e Facebook para tentar descobrir isso. E, por fim, verifique qual a sua motivação (de 1 a 5) para trabalhar em cada um desses lugares e pesquise se há vagas em aberto anunciadas por todas as empresas que estão na sua lista.

Com isto, você será capaz de organizar as empresas de forma a deixar no topo da lista aquelas para as quais você está mais motivado para trabalhar, que tenham conhecidos seus como colaboradores e que estejam com oportunidades em aberto. Se uma das empresas concentrar estas três características, as suas chances de conseguir uma entrevista aumentam bastante.

2º Passo Entrar em Contato

A segunda etapa consiste em fazer networking. Procure os conhecidos que estejam trabalhando para as empresas do seu interesse. Vasculhe entre ex-alunos de cursos que você frequentou, ex-colegas de trabalho, e conhecidos em geral. São estas pessoas que poderão dar as tão importantes referências suas para os recrutadores.

Categorize estas pessoas de acordo com a motivação que você considera que elas tenham para lhe ajudar. Existem aquelas que você sabe que estarão dispostas a auxiliá-lo e indicá-lo. Há outras que não estão lá com muita vontade de ajuda-lo, mas que talvez o façam para não se sentirem culpadas depois. E há também aquelas que não farão nada e muito provavelmente sequer vão responder as suas mensagens.

A regra de ouro na hora de entrar em contato com estas pessoas é enviar mensagens curtas, sem mencionar o seu interesse por uma vaga de emprego, neste primeiro momento, diz Dalton. Demonstre que quer saber mais sobre o mercado em que ela atua, proponha um encontro entre vocês para discutir o assunto. Diga que quer aprender com ela.

3º Passo Preparar-se

Assim que você obtiver uma resposta positiva de algum dos seus novos contatos, comece a pesquisar a empresa. Entre no site e verifique as notícias mais recentes veiculadas pelos meios de comunicação.

Chegar bem preparado para a conversa vai aumentar as chances de você conseguir ser convocado para uma entrevista formal de emprego mais para frente.

Quando estiver conversando com esta pessoa, pergunte qual foi o caminho trilhado por ela para chegar aonde chegou. Neste momento, abra para ela o seu interesse em trabalhar lá e peça conselhos. É nesta hora que você poderá ser “brindado” com a possibilidade de uma indicação. Caso não consiga, vá procedendo com os outros contatos da mesma forma até obter o que deseja, não desista.

Segundo o autor, o método apresentado no livro tem trazido resultados positivos e é parte obrigatória do currículo acadêmico dos alunos de MBA da Fuqua Business School. Pode ser que ele não traga resultados para você logo nos primeiros contatos, mas como recomenda o autor, o importante é insistir,e é por isso que a lista inicial de potenciais empregadores tem que conter 40 nomes.

Deixe um comentário

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.